Início | Noticias | Dicas Saudaveis | Sarampo: doença, transmissão e tratamento

Sarampo: doença, transmissão e tratamento

O sarampo é uma infecção viral que afeta, principalmente, crianças durante o primeiro ano de vida. No entanto, a doença também pode acontecer em maiores de um ano ou em adultos que não tenham sido vacinados contra o sarampo. Os sinais iniciais do sarampo são semelhantes a uma gripe ou resfriado e surgem até 14 dias após ter estado com alguém infectado, no entanto, após cerca de três dias é comum que apareçam manchas típicas da doença e que não coçam, mas que espalham pelo corpo.

O sarampo é provocado por um vírus e é transmitido de pessoa para pessoa, através de gotinhas de saliva da pessoa infectada. A vacinação é a melhor forma de prevenção da doença.

Como confirmar a doença?

Caso haja suspeita de sarampo é muito importante evitar passar a doença para outras pessoas, uma vez que o vírus pode ser transmitido por tosse ou espirros. Por isso, é aconselhado usar uma máscara ou pano limpo para proteger a boca.

No caso das crianças, deve-se consultar um pediatra ou um clínico geral para confirmar o diagnóstico, até porque, os sintomas também são muito similares aos da rubéola, catapora e uma simples alergia a medicamentos.

O tratamento

O tratamento do sarampo consiste em aliviar os sintomas através de repouso, hidratação e medicamentos como Paracetamol, durante cerca de 10 dias, que é o tempo de duração da doença. Essa doença é mais comum em crianças e o seu tratamento é para controlar os sintomas desagradáveis como febre, mal estar geral, ausência de fome e manchas avermelhadas na pele que podem evoluir para pequenas feridas.  

Prevenção

Vacinar é o meio mais eficaz de prevenção. A primeira vacina contra o sarampo ocorre aos 12 meses, com a vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba). Já aos 15 meses, o bebê deve tomar a vacina tetra viral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela).

As duas doses da vacina são recomendadas para garantir a imunidade e evitar surtos, já que aproximadamente 15% das crianças vacinadas apenas com a primeira dose não desenvolvem imunidade. Para crianças que ainda não foram vacinadas, uma prevenção é evitar o contato com pessoas que apresentam os sintomas de sarampo.

Além disso, adultos e adolescentes de até 29 anos que não foram vacinados ou não tiveram sarampo anteriormente podem se vacinar nos postos de saúde. Para esse público são oferecidas duas doses com intervalo de 30 dias. Pessoas que têm entre 30 e 49 anos podem ser imunizados com uma dose oferecida pelo sistema público.

(function () { var options = { whatsapp: "+552135138700", // Número do WhatsApp company_logo_url: "//www.cemeru.com/sites/all/themes/cemeru/images/logo_cemeru.png", // URL com o logo da empresa greeting_message: "Olá! Eu sou a Clara", // Texto principal call_to_action: "Marcação de Consultas", // Chamada para ação position: "left", // Posição do widget na página 'right' ou 'left' }; var proto = document.location.protocol, host = "whatshelp.io", url = proto + "//static." + host; var s = document.createElement('script'); s.type = 'text/javascript'; s.async = true; s.src = url + '/widget-send-button/js/init.js'; s.onload = function () { WhWidgetSendButton.init(host, proto, options); }; var x = document.getElementsByTagName('script')[0]; x.parentNode.insertBefore(s, x); })();