Início | Noticias | Noticias | Muita atenção com as crianças nas praias e nas piscinas

Muita atenção com as crianças nas praias e nas piscinas

Muita atenção com as crianças nas praias e nas piscinas

 

Férias é sinônimo de muita diversão! Mas para que esse momento seja realmente divertido para a toda a família, alguns cuidados são importantes, especialmente com as crianças. Dá uma olhada nas dicas que preparamos para você garantir o bem-estar da sua família.

Nunca deixe uma criança sozinha na piscina. Fique sempre alerta e observe atentamente suas brincadeiras;

Não sustente a falsa impressão de que não há problemas quando a criança consegue ficar de pé na piscina- há risco de afogamento em qualquer área da piscina, mesmo na parte mais rasa.

Não se distraia com conversa, campainha, telefone ou internet enquanto a criança estiver na piscina, ou mesmo tomando banho sozinha e brincando com baldes.

Em caso de afogamento, ligue para o Corpo de bombeiros (193).

 

CUIDADOS NA PRAIA

Mantenha as crianças em seu campo de visão, pois elas se perdem com facilidade em locais com aglomeração de pessoas;

A exposição direta ao sol em horário de pico, entre às 10h e 16h, não é recomendada para adultos e crianças. Para os pequenos, que têm a pele mais sensível, o cuidado deve ser redobrado. Além disso, é indispensável a utilização de protetor solar;

O calor faz com que a criança transpire muito e, com isso, há maior perda de água e sais minerais. Por isso, é fundamental fornecer água constantemente.

Só permita que elas tomem banho de mar em locais rasos e sem correnteza;

Fique atento ao nível da água. Os guarda-vidas alertam que água na altura do umbigo é sinal de perigo. 

Jamais as deixe entrar na área de faixa de areia sinalizada com bandeira vermelha. Neste local está a corrente de retorno, uma vala com água turbulenta responsável pela maioria dos afogamentos;

 

CUIDADOS NA PISCINA

Caso tenha piscina em casa, instale redes de proteção no entorno para evitar quedas acidentais;

Deixe os brinquedos longe das piscinas para não atrair as crianças para essa área;

Nunca deixe uma criança sozinha na piscina. Fique sempre alerta e observe atentamente suas brincadeiras;

Não sustente a falsa impressão de que não há problemas quando a criança consegue ficar de pé na piscina- há risco de afogamento em qualquer área da piscina, mesmo na parte mais rasa.

Não se distraia com conversa, campainha, telefone ou internet enquanto a criança estiver na piscina, ou mesmo tomando banho sozinha e brincando com baldes.

Em caso de afogamento, ligue para o Corpo de bombeiros (193)